segunda-feira, 11 de maio de 2015

DE GRAÇA EU VOU - FESTIVAL DE CINEMA EUROPEU



A Semana da Europa é celebrada desde 2005 para marcar a passagem do Dia da Europa, comemorado em 9 de maio e criado para lembrar a paz e a unidade no continente. A data assinala o aniversário da histórica Declaração Schuman, apresentada em Paris, em 1950, em discurso de Robert Schuman, então Ministro de Negócios Estrangeiros da França. Na declaração, Schuman propôs uma nova forma de cooperação política para a Europa, que tornaria impensável uma nova guerra entre os países europeus. A declaração é considerada o início do que é hoje a União Europeia. 


A realização da Semana da Europa é da Delegação da União Europeia no Brasil e EUNIC Brasil – Associação dos Institutos Culturais Oficiais e das Embaixadas dos Países da EU.

Nesta edição, o Festival de Cinema Europeu acontece nos meses de maio e junho em nove capitais brasileiras e celebra em grande estilo o Dia da Europa, festejado dia nove de maio, data que marca o início da formação da União Europeia.
A Europa, berço do conceito Cidadania, é marcada por grandes correntes migratórias há séculos, sendo um caldeirão de várias culturas e tradições. Mesmo diante de tanta diferença, ao longo dos anos, o entendimento de cidadania ampliou-se, passando do sentido nacional para uma compreensão da Europa como uma sociedade global.

Neste ano, o tema do Festival de Cinema Europeu é Cidadania e Desenvolvimento, assim observamos a diversidade atravessar todas as obras presentes nesta seleção. A mostra está composta por 18 filmes de 18 países diferentes, abarcando desde o conflito entre árabes e judeus no filme alemão Kadish para um Amigo, passando pela contracultura estoniana em O Novo Mundo, até a chegada de africanos a Madri com o sonho de serem grandes jogadores de futebol no espanhol Diamantes Negros. Na seleção também há filmes inéditos, como o esloveno Pai, e premiados como o austríaco A Fita Branca e o português Tabu.

No mundo tão conectado em que vivemos, toda variedade presente no Festival de Cinema Europeu nos mostra como é importante aceitar o próximo. Toda nação global só é possível se entenderemos a cidadania como tolerância e aceitação do diferente. E vamos celebrar a diversidade!

A entrada é franca e livre para todos os públicos. Na abertura, haverá a projeção do filme italiano "O Sol dentro" e uma festa com a DJ portuguesa Joana Hasse, em seguida.

PROGRAMAÇÃO 
LOCAL: CINE BRASILIA - EQS 106/107 (Asa Sul) 


TERÇA (12)

19h - O Sol Dentro (Itália), 100 min

QUARTA (13)
19h - O Novo Mundo (Estônia), 88 min
21h - O Investigador (Hungria), 107 min

QUINTA(14)
19h - O Reencontro (Suécia), 88 min
21h - A gangue de Oss (Países Baixos), 108 min

SEXTA (15)
17h - A Estação de Rádio (França), 103 min
19h - Kadish para um amigo (Alemanha), 94 min
21h - A Fita Branca (Austria), 139 min

SÁBADO (16)
17h - O Cão Japonês (Romênia), 90 min
19h - Diamantes Negros (Espanha), 94 min
21h - Tabu (Portugal), 118 min

DOMINGO (17)
17h - Pai (Eslovênia), 71 min
18h45 - Alabama Monroe (Bélgica), 110 min
21h - Imagine (Polônia), 105 min

SEGUNDA (18)
19h - Thomas, o Falcoeiro (Eslováquia), 96 min
21h - Homens de Esperança (Rep. Tcheca), 110 min

TERÇA (19)
19h - His and Hers (Irlanda), 80 min
21h - O Amante da Rainha (Dinamarca), 132 min

Fonte: Festival de Cinema Europeu

Nenhum comentário:

Postar um comentário