sábado, 16 de maio de 2015

CLDF recebe exposição de artista da Guiné-Bissau

As telas de Cerqueira se enquadram,
segundo ele próprio, no realismo espontâneo
Durante dez dias, os brasilienses terão a chance de conhecer de perto uma faceta da arte africana contemporânea pelas pinceladas do artista plástico Sidney Cerqueira, português de nascimento, mas com raízes na Guiné-Bissau, na África Ocidental. De 19 a 29 de maio, a Câmara Legislativa do Distrito Federal abrigará parte da exposição "Olhares", do pintor, que hoje vive em Lisboa, Portugal. As telas de Sidney Cerqueira se enquadram, segundo ele próprio, no "Realismo Espontâneo" e sua técnica versa entre o acrílico e o óleo sobre tela.
Há 11 anos pintando quadros, Sidney Cerqueira já perdeu as contas de quantas telas produziu. "Costumo dizer que a arte é a alma de qualquer sociedade. Precisamos dela para combater os problemas sociais, os preconceitos e para conscientizar a comunidade para as questões de responsabilidade social", ressalta o artista. A exposição ressalta os ditos, as crenças e as fortes expressões de sua terra em movimentos e rostos característicos da cultura e da sofrida história da Guiné-Bissau. Seus quadros não deixam de expressar os risos alegres e os movimentos dançantes típicos do continente, mas o foco principal está nas lágrimas de sofrimento do seu povo.
Para Sidney Cerqueira, é dever do artista trazer à tela temas como o fundamentalismo religioso, o racismo, a discriminação, o subdesenvolvimento e o neocolonialismo disfarçado de cooperação. A fome, a miséria e os sofrimentos físicos e psicológicos movem o pincel do artista e ficam marcadas em suas obras.
Depois de experimentar várias técnicas, que vão desde o carvão ao óleo sobre tela, Sidney é hoje o único artista plástico da lusofonia que faz "Realismo Espontâneo", estilo criado pelo conceituado artista plástico austríaco Voka. Com apenas onze anos nas artes plásticas, Sidney tem uma sólida e reconhecida carreira dividida entre a Europa e a África Ocidental. O artista já realizou cerca de 40 exposições individuais e coletivas, entre as quais destacam-se "Dak'art 2014" no Senegal, na Galeria do Teatro Municipal da Guarda, em Portugal, e na LuxExpo 2014, em Luxemburgo.
Na próxima terça (19), às 19h, será aberta oficialmente a exposição com a presença do artista, além de parlamentares, diplomatas e secretários de governo. Os quadros de Sidney Cerqueira poderão ser visitados em todos os dias úteis, das 8h às 19h, na Galeria do Espelho D´água da Câmara Legislativa.

FONTE: CLDF/Éder Wen - Coordenadoria de Comunicação Social

Nenhum comentário:

Postar um comentário