quarta-feira, 6 de maio de 2015

CPI vai investigar irregularidades no transporte público do DF

Celina espera reduzir tariifas de transporte no DF
A presidente da Câmara Legislativa, deputada Celina Leão (PDT), comentou em plenário nesta quarta-feira (6) a decisão de instaurar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Transporte. O requerimento de criação diz que a CPI vai investigar "supostas irregularidades na concorrência pública de janeiro de 2012 da Secretaria de Transportes, que resultou na diminuição da quantidade de ônibus disponíveis à população e, consequentemente, uma má prestação e gestão do serviço de transporte público no DF".
De acordo com Celina, que é autora do requerimento ao lado do deputado Raimundo Ribeiro (PSDB), os subsídios governamentais ao transporte público passaram de R$ 120 milhões anuais para R$ 40 milhões mensais. "Nenhum estado consegue manter esse gasto. Após a CPI do Transporte na Câmara Municipal de Curitiba, a tarifa caiu R$ 0,40, depois de se constatar que a margem de lucro das empresas estava excessiva", observou a deputada.
Com a publicação amanhã (7) do requerimento no Diário da Câmara Legislativa, os líderes dos blocos partidários têm cinco dias para indicar os integrantes da Comissão. Regimentalmente, a CPI tem mais cinco dias para sua instalação e eleição de presidente, vice-presidente e relator. Os prazos podem ser suprimidos, em caso de acordo entre os parlamentares.   
Fonte: CLDF/Bruno Sodré - Coordenadoria de Comunicação Social

Nenhum comentário:

Postar um comentário