sábado, 11 de outubro de 2014

Rodrigo Rollemberg firma pacto moral e arrasta comunidade evangélica para o seu palanque

A comunidade evangélica do Distrito Federal começou a marchar ao lado do candidato Rodrigo Rollemberg (PB) ao Palácio do Buriti. Os religiosos se comprometeram a apoiar a candidatura do socialista neste sábado, durante reunião organizada pela deputada Celina Leão (PDT).
“Eu não estaria aqui se não tivesse a certeza de que o Rodrigo tem compromisso com os cristãos”, assegurou a anfitriã Celina Leão. Por sua vez a deputada eleita Sandra Faraj (SD) disse que “está vindo aí um novo tempo com a eleição de Rollemberg, onde as famílias serão valorizadas.”
Rollemberg destacou o seu desejo de servir Brasília, agradeceu os votos que recebeu no primeiro turno e considerou que o compromisso e a responsabilidade só aumentaram.
- Jamais desonrei os votos que recebi. Sempre me portei com equilíbrio e princípios cristãos. Trabalhei com seriedade pela regularização dos templos e vamos fazer isso dentro da lei. Vou desburocratizar os caminhos para que as entidades religiosas e sociais possam realizar parcerias com o governo, disse o candidato.
Rollemberg enfatizou a importância social das igrejas, “sobretudo com a tragédia do crack e de crianças fora de creches; por isso vamos ampliar as parcerias e criar mais oportunidades. A maior sabedoria é ouvir e vamos governar ouvindo as pessoas e os segmentos o que nos darão a chance de acertar muito mais. Me comprometo aqui a não tomar nenhuma decisão que impacte o segmento religioso sem antes ouvi-los“, garantiu.
O pastor JB Carvalho, da Igreja Comunidade das Nações, destacou que Rollemberg é a melhor opção, que respeita a liberdade de expressão, de culto e de opinião. “É um governo que não vai nos deixar envergonhados, pois esta é a cidade do avivamento, que emana leite  e mel”, observou. JB Carvalho entregou a Rollemberg uma carta-compromisso com a comunidade evangélica.
“A igreja tem um papel restaurador  em nossa cidade, quero manifestar meu compromisso com todos os itens deste documento para governar com justiça”, comprometeu-se Rollemberg.
Já o pastor Fadi Faraj, da Comunidade Cristã Ministério da Fé, destacou que é tempo de mudança de resgatar valores. O apóstolo Doriel de Oliveira da Catedral da Benção pediu compromisso com a regularização dos templos.
O pacto firmado por Rodrigo Rollemberg compreende os seguintes compromissos com o segmento evangélico:
1 – Combater toda a forma de preconceito ou discriminação injusta na sociedade.
2- Defender a liberdade de expressão de pensamentos de todos os segmentos da sociedade, em especial, o direito à plena manifestação de crenças religiosas e valores morais, jamais permitindo a criminalização ou restrição da opinião.
3- Defender a proteção da infância e adolescência contra qualquer forma de violação de direitos, em especial, a exposição indevida de crianças a temas da sexualidade adulta em material didático do ensino infantil ou fundamental, conforme preceitua o artigo 79 do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei no 8.069/90).
4- Respeitar no âmbito do sistema de educação do Distrito Federal, o direito das famílias à primazia na formação moral e religiosa dos filhos, conforme o artigo 12, inciso 4 do Pacto de San José da Costa Rica, do qual a República Federativa do Brasil é signatária.
5- Contemplar as entidades religiosas e sociais com os lotes que, de acordo com a lei, já estejam em processo de regularização.
Fonte: Notibras

Nenhum comentário:

Postar um comentário