terça-feira, 20 de outubro de 2015

Representantes da Saúde e da Educação pedem apoio à CLDF

veja mais fotos
O movimento grevista do Sindicato dos Professores e do Sindmédicos chegou à Câmara Legislativa do DF, na manhã desta terça-feira (20), para pedir aos deputados distritais que intercedam junto ao governador Rodrigo Rollemberg para o pagamento do reajuste, salário em dia, o vale-alimentação, e o pagamento do 13º salário dos servidores que fizeram aniversário no decorrer deste ano.
Após a chegada dos representantes da Saúde, juntaram-se a eles os professores e ainda os auxiliares da Educação, que também se mobilizaram a partir desta terça-feira e, segundo um dos representantes, juntos, reúnem pelo menos 72 mil servidores.
A Portaria 321, de ontem (19), publicada no Diário da Câmara Legislativa (DCL), de hoje (20), autorizou a utilização do auditório da Casa para realização de reunião dos servidores da Saúde do DF, hoje, das 10h às 14h,
A deputada Celina Leão, presidente da Casa, recebeu os manifestantes no gabinete da Presidência e comentou que foi abordada pela imprensa, sendo questionada sobre uma suposta invasão à CLDF. “Invasão de que?, perguntei. Eu disse Essa Casa é da população do DF e, portanto, não tem nenhuma invasão”, esclareceu a deputada.
Celina destacou aos representantes das categorias que teve oportunidade de estar com os servidores em outras mobilizações, que sabe dos direitos deles e que sabe da legitimidade de buscar o “sim”, quando muitas vezes é o “não” que recebe como resposta. “Queremos uma resposta concreta do Governo do Distrito Federal porque não temos como negociar com os trabalhadores sem ter uma proposta. Precisamos de um cronograma como tem sido falado. As greves, talvez, sejam o último instrumento de negociação, porque a primeira é o diálogo”.
A presidente da Casa ainda ressaltou que chegou o momento do governo sinalizar uma proposta palpável aos trabalhadores. E lembrou que tempos atrás, quando era presidente da Comissão de Assuntos Sociais, defendeu os trabalhadores quando as greves foram consideradas inconstitucionais. “Essa Casa foi a única que ficou do lado dos trabalhadores. Aí vocês perguntam: será que vamos sempre ter essa luta? E eu digo: Se for necessário, garanto que essa Casa sempre estará do lado do vocês”, garantiu Celina, completando que tanto deputados da base, ou da oposição, todos estão ao lado dos trabalhadores.
Além da presidente da Casa, Celina Leão (PDT), os representantes foram recebidos pelos deputados Ricardo Vale (PT), Chico Vigilante (PT), Prof. Reginaldo Veras (PDT) e Julio Cesar (PRB). Celina Leão marcou para as 14h30, uma nova reunião, com os representantes das categorias.


Nenhum comentário:

Postar um comentário